Pesquisa Mafarrico

Translate

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Evangélicos - Enriquecendo em Cristo e servindo ao CAPETA(L)

Os cinco pastores mais ricos do Brasil [Glória a Deus nas alturas e aos salafrários na terra! e o capi(e)tal num paraíso fiscal!]


Ligar a televisão no horário nobre e ver um líder religioso utilizando o espaço para pregar e buscar clientes (fiéis) é algo que parece fora do lugar. E é. Não por ser uma manifestação religiosa, algo que é parte da cultura brasileira, mas por tornar evidente que um espaço público está sendo utilizado para fins privados

Deve-se permitir canais inteiramente controlados por grupos religiosos, o que é proibido na maioria das democracias? Deve-se permitir o arrendamento de espaço – ou mesmo de canais inteiros – no rádio e na TV? Será que essa prática não configura uma verdadeira grilagem eletrônica, pela apropriação privada de um espaço público? Sejam quais forem as respostas, o nome de Deus não pode ser usado como álibi para enriquecer essa escumalha religiosa.

O que vemos hoje no Brasil, em diversos canais da televisão aberta, uma profusão de seitas evangélicas, com um discurso ultra-conservador, atingindo milhares de pessoas diáriamente, vendendo falsos milagres,falsas curas e falsos prodígios, que beiram o ridículo.
 
Silas Malafaia
Operam milagres inexistentes, para ampliar o seu poder de persuasão dos trabalhadores e do povo pobre, jogando areia dos ditos "milagres" em seus olhos. Fazem tudo para que os pobres e oprimidos do mundo não enxerguem a realidade da opressão e da miséria em que vivem.

Essas religiões, seitas, enfim , as ditas ' obras de Deus " são todas muito parecidas .È difícil enxergar diferenças reais nelas.

Na verdade, analisando bem seus discursos e práticas, veremos que não passam de meros estabelecimentos comerciais, que usam suas pequenas diferenças organizacionais e litúrgicas e as diferentes formas de realizar os ditos "milagres" para conquistar clientes e enriquecer seus líderes.

Clientela essa que faz ofertas em dinheiro, paga o dízimo, compra bíblias, livros diversos, CDs e DVDs de música Gospell e até compra um "cantinho" no céu. Enfim, dando muito poder e dinheiro a toda essa hierarquia religiosa de Apóstolos, Bispos e Pastores que só pensam em sua fortuna pessoal, colocando sua grana no único paraíso que realmente lhes interessam - o paraíso fiscal. Se lixam para a "salvação eterna ( cruz credo, isso existe?)" do seu "rebanho" de crentes.
Essa estupidez religiosa  protagonizada por Pastores, bispos, apóstolos evangélicos e vomitada para seu rebanho de  fiéis tôlos, que infelizmente acreditam, e dão dinheiro a essa ralé religiosa que vive destilando todos os seus preconceitos, seu conservadorismo cavernícola, querendo impor à sociedade uma nova Idade Média.
 
Deus nos livre desses Apóstolos, Bispos(as), Pastores(as) evangélicos, eles só pensam em dinheiro !
 

Com fortuna de R$ 2 bilhões, Edir Macedo é o pastor evangélico mais rico do Brasil, diz revista


"Religião sempre foi um negócio lucrativo." Assim começa uma reportagem da
revista americana "Forbes" sobre os milionários bispos fundadores das maiores igrejas evangélicas do Brasil.
A revista fez um ranking com os líderes mais ricos. No topo da lista, está o bispo Edir Macedo, que tem uma fortuna estimada em R$ 2 bilhões, segundo a revista.
Em seguida, vem Valdemiro Santiago, com R$ 400 milhões; Silas Malafaia, com R$ 300 milhões; R. R. Soares, com R$ 250 milhões; e Estevan Hernandes Filho e a bispa Sônia, com R$ 120 milhões juntos.

OS SEIS LÍDERES EVANGÉLICOS MILIONÁRIOS, SEGUNDO A "FORBES"

NomeFortunaIgreja
Edir MacedoR$ 2 biIgreja Universal do Reino de Deus
Valdemiro SantiagoR$ 400 miIgreja Mundial do Poder de Deus
Silas MalafaiaR$ 300 miAssembleia de Deus Vitória em Cristo
R.R. SoaresR$ 250 miIgreja Internacional da Graça de Deus
Estevam Hernandes Filho e bispa SôniaR$ 120 milhõesIgreja Renascer
  • Fonte: "Forbes"
Edir Macedo, fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, além de ser o pastor mais rico do Brasil, possui templos até nos Estados e um jatinho particular, de modelo Bombardier Global Express XRS, estimado em R$ 90 milhões.
Macedo tem 10 milhões de livros vendidos, alguns deles extremamente críticos à Igreja Católica e a algumas religiões africanas.
Seu maior movimento aconteceu na década de 1980, quando adquiriu a rede Record, a segunda maior emissora do Brasil. Além disso, é dono do jornal "Folha Universal", que tem uma circulação de 2,5 milhões de exemplares, e da gravadora Record News.
Seguindo os passos de Macedo, Valdemiro Santiago é ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. Após se desentender com o chefe, ele fundou sua própria igreja: a Igreja Mundial do Poder de Deus, que tem 900 mil seguidores e mais de 4.000 templos, muitos deles adornados com imagens dele. Sua fortuna é estimada em R$ 400 milhões.
Silas Malafaia é líder da Assembleia de Deus, a maior igreja pentecostal brasileira. Entre os pastores, ele é o mais polêmico, e se envolve frequentemente em controvérsias com a comunidade gay do Brasil, já que declara ser o maior opositor ao casamento gay.
Ele também é uma figura proeminente no Twitter, onde possui mais de 440 mil seguidores.
Em 2011, Malafaia, cuja fortuna é estimada em R$ 300 milhões, lançou uma campanha a fim de arrecadar R$ 1 bilhão para a sua igreja, com o intuito de criar uma emissora de televisão global, que seria transmitida em 137 países. Os interessados podem contribuir com somas a partir de R$ 1.000, e em troca receberão um livro.
Já o cantor, compositor e televangelista Romildo Ribeiro Soares, conhecido como R. R. Soares, é possivelmente o mais multimídia entre os pastores brasileiros. Fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus, R. R. Soares é uma das faces mais regulares da TV brasileira.
Ele também é ex-membro da Igreja Universal do Reino de Deus, além de ser cunhado de Macedo. Autointitulado "missionário", tem uma fortuna estimada em R$ 250 milhões. Seu jatinho particular, de modelo King Air 350, custa "apenas" R$ 10 milhões.
Fundadores da Renascer em Cristo, o "apóstolo" Estevam Hernandes Filho e sua mulher, a "bispa" Sônia, possuem mais de mil igrejas no Brasil e no exterior – várias delas na Flórida, nos Estados Unidos.
Com uma fortuna estimada em R$ 120 milhões, o casal foi manchete dos jornais internacionais em 2007,quando foram presos em Miami sob a acusação de levarem consigo mais de R$ 100 mil não–declarados. Algumas notas estavam escondidas em meio às páginas da Bíblia, segundo agentes norte-americanos.
Eles voltaram ao Brasil um ano depois, onde respondem por outros crimes, entre eles a queda do teto de um de seus templos, que deixou nove pessoas mortas em 2009.
Entre seus ex-fiéis mais conhecidos, está o jogador de futebol Kaká, que doou mais de R$ 2 milhões no período em que frequentou a igreja. Ele deixou a instituição após as denúncias de fraude envolvendo o casal Hernandes.
Ser um pastor evangélico no Brasil é o sonho de muitas pessoas, de acordo com a Forbes. Diferente de muitas igrejas protestantes, que requerem que seus pastores tenham uma graduação, as igrejas neopentecostais brasileiras oferecem cursos intensivos para "criar" pastores com um custo de R$ 700, para poucos dias de aula.
Não é apenas uma questão de dinheiro – Malafaia, por exemplo, chega a pagar salários de R$ 20 mil a seus pastores mais talentosos – mas também de poder, segundo a reportagem.

Muitos pastores brasileiros
conseguiram passaportes diplomáticos nos últimos anos. Alguns, especialmente os mais ricos, são cortejados por políticos em época de eleições. Para finalizar, igrejas são isentas de impostos.
 
FONTE: UOL Notícias


Mafarrico Vermelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário