Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2009

Nacional-burguês e nacional-popular em tempos de ufanismo neodesenvolvimentista

Imagem
Nacional-burguês e nacional-popular em tempos de ufanismo neodesenvolvimentista


por Admin última modificação 25/11/2009 12:12 Lúcio Flávio Rodrigues de Almeida

O fato de um governante ser atacado por forças antinacionais não significa necessariamente que ele não represente os interesses dos dominantes

25/11/2009
Lúcio Flávio Rodrigues de Almeida

Existem duas unilateralidades bastante comuns em análises políticas inspiradas, de algum modo, nas teorizações marxistas. A primeira consiste em mirar apenas as relações entre as classes fundamentais do capitalismo; a segunda, no extremo oposto, limita-se aos conflitos que se travam entre os dominantes, deixando de lado as contradições do primeiro tipo. Todavia, sem levar em conta ambos os tipos de relações, é impossível sequer iniciar a análise dos problemas da representação política, a começar pela diferença crucial entre Estado e governo e, em cada conjuntura, entre esquerda e direita, uma e outra consideradas em sua complexidade.

Parece-nos que…

PCP solidário com os “sans papiers”

Imagem
PCP solidário com os “sans papiers”


O Organismo de Direcção na Região de Paris do Partido Comunista Português - ODIRP/PCP, associando-se ao vasto movimento existente em França que agrupa partidos, sindicatos e associações, apela a Comunidade Portuguesa a expressar a sua solidariedade para com os “sans papiers” (indocumentados) que lutam pela sua legalização em França.

A solidariedade para com estes trabalhadores é um dever de cidadania. Desde 14 de Outubro, mais de 5.200 trabalhadores “sans papiers” de 1.800 empresas encontram-se em greve e ocupam locais de trabalho; encontrando-se, somente na Região de Paris, 42 locais em greve.

Muitos destes trabalhadores imigrantes residem e trabalham em França há muitos anos, pagam os seus impostos e contribuições sociais e têm família constituída. São cidadãos que vivem em permanente sobressalto e com medo de serem expulsos a qualquer momento. O primeiro interessado em manter estes trabalhadores na situação de “sans papiers” é a entidade patronal qu…

Dolores Ibarruri - Exemplo de luta

Imagem
Exemplo de luta
Dolores Ibarruri

Auto-distraídos como estavam com o muro de Berlim, os meios de comunicação ibéricos não deram nenhum relevo, nem informação, salvo honrosas e pouquíssimas excepções, aos vinte anos da morte da Pasionaria.

Dolores Ibarruri Gómez, nasceu em 1895 numa família de mineiros e rapidamente entendeu qual era a sua classe e a sua luta. Em 1923 participou no 1.º Congresso do PCE e em 1930 foi eleita para o Comité Central. Trabalhou em todos os sectores do Partido, na clandestinidade e na legalidade. Sofreu prisões antes da Guerra Civil. Em 1934 foi condenada a 15 anos de prisão pelo seu apoio à luta dos mineiros das Astúrias, fugindo da prisão e passando à clandestinidade. Foi eleita para o Comité Executivo da III Internacional, em Moscovo em 1935. Com a vitória da Frente Popular nas eleições de 1936, foi eleita deputada pelas Astúrias para as Cortes (Parlamento). Em 18 de Julho de 1936, com a rebelião fascista de Franco, apoiada pela Alemanha de Hitler e a Itália d…

Caso Cesare Battisti: os fascistas querem vendetta

Imagem
Caso Cesare Battisti: os fascistas querem vendetta

Manteremos a tradição histórica brasileira de dar asilo político a todos que nos procuram? Ou cederemos à pressões e chantagens do governo fascista do senhor Berlusconi?

Quando esse jornal estiver circulando, é possível que já se tenha uma definição do caso Cesare Battisti, no Supremo Tribunal Federal (STF), ou então, ainda estejamos pendentes da lucidez do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para encerar o caso, com dignidade.

Os Fatos

Na década de 1970 surgem, na Itália e em toda a Europa, diversos grupos politicos da esquerda armada. Entendiam que a luta armada era a única forma de combater o ressurgimento do fascismo e derrotar o poder econômico e militar incrustado no Estado. Muitos jovens se engajaram nesses movimentos.

Essas organizações guerrilheiras foram derrotadas política e militarmente. Muitos pagaram com a vida; muitos foram barbaramente torturados e, em geral, condenados a prisão perpétua. Outros conseguiram asilar-se em pa…

ANTICOMUNISMO E REVISÃO DA HISTÓRIA

Imagem
Anticomunismo e revisão da história

A 3 de Julho deste ano, a Assembleia Parlamentar da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) protagonizou mais um episódioaviltante, ao aprovar uma resolução que equipara os crimes fascistas ao períodoEstalinista e que atribui a responsabilidade do inicio da Segunda Guerra Mundial tanto à União Soviética quanto à Alemanha Nazi.
A resolução foi aprovada em Vilnius, capital da Lituânia, contra a posição de um terço dos membros daquela assembleia, o que contradiz o espirito do lema com que intitularam o debate: "Europa dividida reunificada". Na verdade, várias organizações, entre as quais a Federação Internacional dos Resistentes(FIR), reagiram de imediato mostrando a sua surpresa e indignação.
Esta associação antifascista considerou que "tais declarações nada têm a ver com a realidade histórica". Para além de ser uma falsificação, a FIR denuncia que " difamam a luta comum da coligação anti-Hitler, na qual a Uniã…

Carta aberta de Cesare Battisti a Lula e ao Povo Brasileiro

Imagem
14 de Novembro de 2009
Como última sugestão eu recomendo que vocês continuem lutando pelos seus ideais, pelas suas convicções. Vale a pena! Por Cesare Battisti

“CARTA ABERTA” AO EXCELENTÍSSIMO SENHOR LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA PRESIDENTE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SUPREMO MAGISTRADO DA NAÇÃO BRASILEIRA AO POVO BRASILEIRO
Trinta anos mudam muitas coisas na vida dos homens, e às vezes fazem uma vida toda”. (O homem em revolta - Albert Camus)
Se olharmos um pouco nosso passado a partir de um ponto de vista histórico, quantos entre nós, podem sinceramente dizer que nunca desejou afirmar a própria humanidade, de desenvolvê-la em todos os seus aspectos em uma ampla liberdade. Poucos. Pouquíssimos são os homens e mulheres de minha geração que não sonharam com um mundo diferente, mais justo. Entretanto, frequentemente, por pura curiosidade ou circunstâncias, somente alguns decidiram lançar-se na luta, sacrificando a própria vida.
A minha história pessoal é notoriamente bastante conhecida para v…

Histeria reaccionária

Imagem
Histeria reaccionária

“Os charlatães da política como Blair, Schröder e Sócrates, que têm vindo a seguir a cartilha da «superioridade dos mercados», estão a ficar desmascarados pela própria realidade. Afinal o «Estado de Direito» dos banqueiros não pode existir sem o saque dos cofres do Estado e as baionetas da NATO”.

Rui Paz - 17.11.09

Quem neste dias abrir as páginas de um jornal alemão, ouvir uma estação de rádio ou tentar ver um programa de televisão julgará que voltámos aos tempos da guerra-fria.

Não é inocente que passados 20 anos o capital se mostre tão agressivo e se lance numa intensa campanha sobre a «queda do muro». Particularmente a burguesia alemã que ao longo da História tem recorrido sistematicamente ao militarismo, ao assassínio de democratas e revolucionários, ao trabalho escravo, inventou a industrialização da morte e o extermínio em massa nas câmaras de gás, pretende agora apresentar os acontecimentos de 1989-1990 que conduziram ao fim do socialismo e da República Demo…

Partido Comunista Português-Grupo Parlamentar

Imagem
Decreto-Lei nº 165-B/2009, de 28 de Julho que “Estabelece o regime jurídico aplicável ao pessoal dos centros culturais portugueses do Instituto Camões, I.P.”

Publicado em Diário da República, I série, n.º 144, de 28-07-2009

Os trabalhadores dos Centros Culturais e dos Centros de Língua Portuguesa do Instituto Camões no estrangeiro desempenham um importante e diversificado conjunto de funções ao serviço da Comunidade Portuguesa no estrangeiro contribuindo simultaneamente, também eles, de forma muito positiva para a promoção e divulgação da língua e cultura Portuguesas.

Não obstante a importância e a reconhecida natureza de serviço público que desempenham, sucessivos Governos deixaram estes trabalhadores num regime de precariedade inaceitável, sem o enquadramento legal que tenha presente e salvaguarde a sua natureza de funcionários públicos, a estabilidade do seu emprego bem como a especificidade das condições em que exercem a sua actividade o que só contribui para fomentar desmotivações …

O MURO DE BERLIM NÃO FOI O ÚNICO

Imagem
Muro de Berlim: 223 mortos. Muro que separa os Estados Unidos do México: 5,6 mil mortos
O mundo convive com barreiras que servem para conter a livre circulação de pessoas. Um dos mais polémicos muros é o que separa Israel da Palestina, igualmente o que os Estados Unidos levantaram na sua fronteira com o México.
Original: Prensa YVKE Mundial/Abn/VTV 11 de Novembro de 2009

No aniversário dos 20 anos da queda do muro de Berlim, o mundo convive com uma série de barreiras que servem para conter a livre circulação das pessoas. O muro que divide a Cisjordânia de Israel e o que impede a passagem de imigrantes mexicanos aos Estados Unidos são os mais conhecidos, mas há outros.

Eslováquia
O exemplo mais recente vem da Eslováquia. Em outubro, uma muralha de 150 metros de comprimento e 2 metros de altura foi levantada na cidade de Ostrovany, uma comunidade rural situada no noroeste daquele país, com o objetivo de isolar um acampamento de Ciganos.
Esta ação, aprovada em 2008 pelas autoridades locais e co…

Intervenção Jerônimo de Sousa - Portugal

Imagem
INTERVENÇÃO DO
DEPUTADO JERÓNIMO DE SOUSA
DEBATE DO PROGRAMA DO XVIII
GOVERNO
05 NOVEMBRO DE 2009



Senhor Presidente,
Senhor Primeiro-ministro,
Senhores membros do Governo,
Senhoras e senhores Deputados
,

Discutimos hoje o Programa do XVIII Governo Constitucional da responsabilidade do PS, suportado numa maioria relativa desta Assembleia.

O programa de um governo que se apresenta numa situação distinta da do governo precedente. Uma situação qualitativamente nova, em resultado da perda da maioria absoluta por parte do PS.

Uma situação nova que não se vê reflectida no Programa do Governo que faz a clara opção de manter intocável o núcleo essencial das políticas que têm conduzido o país à estagnação e à crise.
Uma opção fundamentada assente na errada e mistificadora ideia de que os portugueses validaram no passado dia 27 de Setembro o rumo seguido pelo anterior governo do PS e o seu programa eleitoral.


O governo ao apresentar um programa que repete as linhas essenciais do seu Programa Eleitoral não s…

MST denuncia perseguição política à OIT na Suíça

Imagem
MST denuncia perseguição política à OIT na Suíça

O integrante da coordenação nacional do MST, João Paulo Rodrigues, entregou ao diretor-geral da OIT (Organização Internacional do Trabalho), Juan Somavia, e à representante permanente do Brasil junto à ONU (Organização das Nações Unidas), embaixadora Maria Nazareth Farani Azevêdo, uma denúncia sobre o processo de repressão e criminalização da luta dos trabalhadores rurais pela Reforma Agrária no país, em audiência em Genebra, nesta segunda-feira (02/11).

Em outubro, foi instalada por iniciativa de parlamentares da bancada ruralista uma CPI contra o MST, como forma de represália ao anúncio do governo federal da atualização dos índices de produtividade. Essa é a terceira CPI contra o MST instalada nos últimos quatro anos. “Estamos sofrendo uma perseguição política, que pretende atingir a Reforma Agrária, a organização do povo na luta por direitos e a democracia no Brasil”, afirmou João Paulo.

O documento apresentado pelo MST afirma que “se o…