Pesquisa Mafarrico

Translate

domingo, 10 de julho de 2011

Religiões

Você sabe quantos deuses têm a história parecida com a de Jesus?

Fonte: Blog ContextoLivre
 
As semelhanças dogmáticas com as religiões de mistério provariam que o cristianismo não é o resultado de uma revelação divina, mas o produto de um sincretismo religioso.
 
A teoria do "Mito de Cristo" afirma que houve grande influência das religiões dos povos com as quais os judeus conviviam, ou seja, egípcios, persas, gregos e romanos.

Sionismo, o fascismo israelense: Israel é um estado colonial racista, no qual os direitos são limitados à população colonizadora, na base de critérios raciais

Regalos Sionistas à infância Palestina: A MORTE!
Sionismo, o fascismo Israelense
Fonte: http://blogdobourdoukan.blogspot.com/

A liderança sionista colaborou com os piores perseguidores dos judeus durante o século XIX e o século XX, incluindo os nazistas" Stylianos Tsirakis* Revista Teoria &Debate



Ralph Schoenman foi diretor-executivo da Fundação pela Paz Bertrand Russel, papel através do qual conduziu negociações com inúmeros chefes de Estado. Foi também fundador e diretor da Campanha de Solidariedade ao Vietnã e diretor do Comitê "Quem Matou Kennedy?". Tem sido co-diretor do Movimento de Solidariedade de Trabalhadores e Artistas Americanos.


A ofensiva colonial da Otan na Líbia

A ofensiva colonial da Otan na Líbia
Por J. Quartim Moraes

Menosprezar a inteligência alheia tem limites. Mesmo a opinião pública europeia, largamente intoxicada pelo ódio ao imigrante árabe ou negro, já não leva muito a sério o pretexto humanitário invocado pela Otan para justificar a ofensiva colonial contra a Líbia, que já dura três meses e meio.

A própria imprensa colonialista adotou um tom mais descritivo. Assim, o Figaro, o mais importante jornal da direita francesa, informou secamente em 23 de maio que na tarde do dia 17 o navio de guerra Tonnerre deixara o porto de Toulon rumo ao teatro de operações na Líbia. A bordo, doze helicópteros de combate com uma delicada missão militar. Os chefes da Otan tinham constatado que os bombardeios não estavam bastando para derrubar o governo líbio. Intensificá-los em demasia, apó s o morticínio que fizeram no bairro onde mora Khadafi, por ocasião da frustrada tentativa de assassiná-lo por via aérea em sua casa, implicaria num custo “humanitário” ainda mais pesado. Era preciso chegar mais perto dos objetivos, ocupar terreno. Mas mercenários evitam riscos. O ofício deles é matar, não ser mortos. Os helicópteros de Sarkozy destinam-se a ajuda-los a golpear mais de perto as forças patrióticas, sem entrar num perigoso corpo a corpo.

Julian Conrado: Uma verdadeira revolução não extradita revolucionários



Amaranta Pérez canta pelo Direito de Asilo na Venezuela
do cantor revolucionário Julian Conrado,
militante das FARC-Exército do Povo



Amaranta Perez - La luz de mi pensamiento
Por Amaranta Pérez e a Coordenadoria

"Que no calle el cantor" (Que não se cale o cantor)
A reconhecida jovem cantora, Amarante Pérez, membro do Coletivo La Cantera e da Frente de Criadores Militantes, nos evia sua mais recente composição intitulada "Pajarito te andan buscando", dedicada ao Cantor do Povo colombiano, Julián Conrado, que leva mais de 28 dias desaparecido depois de ter sido capturado pela Polícia Venezuelana e forças especiais da Dijin (Direção de Investigação Criminal e Interpol) colombiana, altamente infiltrada pela CIA e o MOSSAD israelense.

A partir da Coordenadoria "Que não se cale o cantor", cntinuamos advogando para que o Estado venezuelano conceda o direito de ASILO ao cantor Julián Conrado, tipificado no Pacto de San José (Costa Rica) de 1969, disposto no número 8 do Art. 22 que "EM NENHUM CASO O ESTRANGEIRO PODE SER EXPULSO OU DEVOLVIDO A OUTRO PAÍS, SEJA OU NÃO O DE ORIGEM, ONDE SEU DIREITO À VIDA OU À LIBERDADE PESSOAL ESTÁ EM RISCO DE VIOLAÇÃO POR CAUSA DE RAÇA, NACIONALIDADE, RELIGIÃO, CONDIÇÃO SOCIAL OU DE SUAS OPINIÕES POLÍTICAS".
E que antes, no artigo 7 se dispõe que "TODA PESSOA TEM O DIREITO DE PROCURAR E RECEBER ASILO EM TERRITÓRIO ESTRANGEIRO NO CASO DE PERSEGUIÇÃO POR CRIMES POLÍTICOS OU COMUNS CONEXOS COM OS POLÍTICOS..."