Estados Unidos: Mais Bancos a beira da falência




Crise capitalista nos EUA
Bancos em risco





Pelo menos uma centena de instituições financeiras norte-americanas encontra-se em risco de falência imediato, afirma o Washington Post. De acordo com o rotativo, muitos dos bancos em risco receberam, o ano passado, grandes somas de dinheiro do erário público.

No mesmo sentido, o Wall Street Journal estima em 98 o total de bancos que, apesar de terem sido bafejados com cerca de 4200 milhões de dólares pelo governo de Barack Obama, não vão conseguir escapar à bancarrota.

Os últimos sete casos de falência bancária custaram aos contribuintes norte-americanos 2700 milhões de dólares. A Casa Branca enviou, entretanto, agentes de fiscalização para 20 instituições a fim de supervisionar as respectivas administrações, mas a tarefa não se afigura fácil dado que, nos casos anteriores, os inspectores não conseguiram impedir o encerramento dos bancos, cujo ritmo em 2010 alcançou os 12 por mês.

No total, os 140 bancos falidos o ano passado nos EUA representaram perdas de 169 mil milhões de dólares, e a entidade seguradora dos depósitos da América do Norte perspectiva um ano pior em 2011, já que no último trimestre de 2010 mais de 700 entidades se encontravam em dificuldades.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Redesenhar o mapa da Federação Russa: Partição da Rússia após uma III Guerra Mundial?

DESENVOLVIMENTO DO HOMEM E DA SOCIEDADE - Da comunidade primitiva ao fim do feudalismo

O movimento operário e sindical