A BARBÁRIE IMPERIALISTA DA OTAN/NATO

EUA, FRANÇA, INGLATERRA e outros membros da OTAN/NATO- Praticam o assassinato profiláctico, o extermínio saudável, a hecatombe caritativa e a matança benfeitora para impor a barbárie progressista, a democracia oligárquica.


Para manter esses mitos é preciso controlar a história. A história controlada deve ser ensinada nas escolas e apoiada pelas múltiplas mídias da nação.

É preciso convencer uma população para que ela assimile a visão de mundo mítica a ponto de, se algo ocorrer que entre em contradição com essa visão, possa ser facilmente descartado como exceção à regra.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Crimes no Iraque- mortos civis por "Urânio empobrecido e fósforo branco"
 
No caso dos Estados Unidos, duzentos anos de doutrinação e um status de longo prazo como grande potência permitiu que seus mitos sobrevivessem, na mente de seu povo, mesmo com os horrores do Vietnã, do Iraque e do Afeganistão.
 
 
Estamos fartos de saber que o presidente Obama é pessoa de extrema sensibilidade. Mostra-o todos os dias no Afeganistão, no Iraque, na Líbia, na Colômbia, nas Honduras, enfim em todo o lado onde é necessário defender e aplicar os direitos humanos, a liberdade e a democracia.

E só não o mostra do mesmo modo noutros países – como o Irã, a Venezuela, a Bolívia, o Equador, a Nicarágua… – porque ainda não teve condições para o fazer, mas logo que possa…
 
 

 
Agora, chegou a vez da Líbia ser alvo da apurada sensibilidade do presidente dos EUA – sensibilidade partilhada, com a tradicional fidelidade canina, pelos seus lacaios europeus( Inglaterra , França, Itália ) – na modalidade de ajuda humanitária ou de protecção a civis.
 
 
Os países imperialistas ( EUA, França, Inglaterra, Alemanha)  para construir e manter um status mítico, uma nação deve criar uma imagem de si mesma, desde seu início, e passar essa imagem de geração em geração. A imagem criada pelos países imperialistas é a de que o seu país é um farol da democracia e do capitalismo e que tudo o que faz em relação a sua política externa, mesmo quando em guerra, é sempre um feito altruísta.
 
 
 
 
 
 
Em fotos a sensibilidade dos imperialistas e seus lacaios e soldados psicopatas:
 
 
 
Imagens sobre a "democracia" imperialista: Kadaffi capturado recebendo os cuidados "democráticos" de seus captores.
 
















Este Mafarrico jamais nutriu quaisquer simpatias políticas ao regime Líbio do Kadaffi. A rapinagem e a barbárie imperialista naquele país, precisa ser devidamente mostrada ao mundo. A mídia do grande capital fala em "liberdade" para o povo Líbio e tenta levar essa mensagem ao resto do planeta. Mas é uma grande mentira!!!

Povos do Mundo, o que os Imperialistas querem nos dar mesmo é a MORTE!!!!


Por isso, devemos derrotar os bárbaros e psicopatas imperialistas em todos os rincões desse nosso planeta!









Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Redesenhar o mapa da Federação Russa: Partição da Rússia após uma III Guerra Mundial?

DESENVOLVIMENTO DO HOMEM E DA SOCIEDADE - Da comunidade primitiva ao fim do feudalismo

O movimento operário e sindical