Pesquisa Mafarrico

Translate

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Eles não eram "Charlie", eram árabes, infelizmente!

Em tempos de "Islamofobia" em França. As atrocidades francesas na guerra de independência da Argélia

Eles não eram "Charlie", eram árabes, infelizmente!

o Estado francês do século XXI proclamou seu suposto horror pelo terror e seu hipotético amor pela liberdade. Horror e amor pela liberdade, que o imperialismo e o colonialismo Francês nunca demonstrou pelos povos debaixo das suas botas, como podemos ver nas horríveis imagens das atrocidades cometidas contra o povo Argelino. Ontem e hoje, soltam seus psicopatas assassinos para cometer atrocidades em cima de povos indefesos.

Enquanto isso, a pátria do "Igualitê, fraternitê e Libertê", slogam há muito esquecido , embarcam na guerra mundial de “quarta geração” contra os países periféricos do sistema e na fascistização do domínio do imperialismo ocidental comandado pelos EUA. Tudo em nome da suposta superioridade da civilização branca e cristã que eles encarnam.

A Guerra de Independência Argelina, também conhecida como Guerra da Argélia foi um movimento de libertação nacional da Argélia do domínio francês, que tomou curso entre 1954 e 1962.

O governo francês do tempo considerava criminoso ou terrorista todo ato de violência cometido por argelinos contra franceses, inclusive militares. No entanto, alguns franceses, como o antigo guerrilheiro anti-nazi e advogado Jacques Vergès, compararam a Resistência francesa à ocupação nazi com a resistência argelina à ocupação francesa.





Soldados franceses humilham desnudando argelinos.

Argelino decapitado.

Argelinos foram despidos pelos franceses e exibidos depois de mortos.

Soldados franceses na rua, abusando de mulheres da Argélia.


Soldados franceses insultaram as mulheres da Argélia.

Forças francesas capturam pessoas da Argélia.


Criança morta


Mulheres nuas mortas.


Soldados franceses brincando com cadáveres.


Muitas mulheres, civis e crianças foram mortos na guerra.


Pessoas na Argélia tiveram orelhas e narizes brutalmente cortados por soldados franceses.


Esses prisioneiros foram decapitados, tiveram suas genitais cortadas e inseridas em suas bocas como forma de humilhação.


  Sequência de fotos em que um soldado francês dispara e mata um argelino.


Sequência de fotos em que um soldado francês dispara e mata uma argelina.


Tropas francesas forçam argelinos a cavarem os próprios buracos, para serem enterrados vivos.

Cadáveres de argelinos enfileirados.

Prisioneiro pendurado como como forma de tortura.

Crianças inocentes foram vitimadas.

As vítimas inocentes da guerra.

Pessoas executadas em lote.


Prisioneira acorrentada à traseira de um caminhão militar.

Pessoas foram brutalmente mutiladas.


Cadáveres de executados.

Vítima da guerra.

Uma criança sobrevivente, vítima da guerra.





Inspirado no texto de Narciso Isa Conde

Fotos publicados pelo Irã News

Mafarrico Vermelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário